Thursday, October 11, 2007

LUTA PELA PRESERVAÇÃO DESDE 2003



Relato pelas Coordenadoras Pedagógicas da EMEF Teófilo Benedito Ottoni
Maria Cristina Francisco e Cassia Cloris:

Em Agosto de 2003 a bióloga Silvana Santos, presidente da Assoc. Amigos de Bairro do Pq. Ipê e René Costa do CEA Previdência buscaram o apoio da escola para a luta pela preservação de um fragmento remanescente da Mata Atlântica (1.545.355,40 m²) localizado no Pq. Ipê fazendo limite com Cotia, Taboão da Serra, Embu, Osasco e São Paulo. Na área seria construída uma nova CEAGESP. O coletivo da escola considerou como relevante à oportunidade de atuação em um projeto de responsabilidade sócio ambiental, que vinha ao encontro do Projeto Pedagógico da escola Interdisciplinaridade via eixo temático: "Ética e Valorização da Vida: eu, o outro e tudo que nos envolve" e atendia o desejo de extrapolação de seus muros para a transformação da realidade.
Com o objetivo de tornar a aprendizagem significativa, envolvendo todas as áreas do conhecimento, em ações transformadoras da realidade, foram desenvolvidas várias ações entre as quais podemos citar: trilhas com professores e alunos, elaboração de rede temática e planejamento de atividades, encaminhamento de abaixo-assinado para o Ministério Público, plantio de 800 mudas de árvores, Ato público pela criação de uma ARIE (Área de Relevante Interesse Ecológico), audiência pública na Assembléia Legislativa, Encontros pró Mata , reportagens (TV Cultura e SPTV Comunidade); ida ao Palácio do governo, evento de assinatura do decreto de criação do parque "Fazenda Tizo" em 25/05/06.

RESULTADOS SIGNIFICATIVOS PARA A ESCOLA:

Experiências de leitura e escrita com função social, fortalecimento do coletivo, incentivo ao Protagonismo Infanto Juvenil, maior integração entre sala de aula, Sala de Leitura, Informática e Sala de Apoio Pedagógico (SAP). Aprendemos e ensinamos o que é responsabilidade sócio ambiental. A Mata foi preservada e São Paulo ganhou um novo Parque Ecológico.